artrose nos dedos dos pés

Artrose nos pés: sintomas, causas e tratamentos

A artrose é uma doença que ataca as articulações do corpo, pelo desgaste natural da cartilagem presente nas extremidades dos ossos. Apresenta, também,  danos na membrana sinovial e no seu líquido, assim como nos ligamentos.

O problema costuma surgir com a idade, conforme natural desgaste das articulações, mas há outras causas que podem fazer com que surja prematuramente, como excesso de peso e exercícios.

 

Como surge a artrose nos dedos dos pés

Responsável por atingir mais de 50 milhões de pessoas no mundo, a artrose é predominante na população acima de 65 anos. É uma das causas mais frequentes de dor musculoesquelética e que, também, incapacita pessoas ao trabalho, já que, quando não tratada, pode fazer com que a pessoa seja impedida até mesmo de se movimentar.

A doença já foi vista como irreversível e de tratamento impossível, direcionada a uma enfermidade consequente da idade. Porém, desde seu diagnóstico até o tratamento, a doença pode ser totalmente controlada, evitando sua evolução.

A articulação é a região do corpo onde os ossos se encontram, revestida de cartilagens para amenizar o atrito causado pelo movimento das extremidades ósseas. Age como um lubrificante responsável pelo movimento fluido. Com o tempo ou por outras causas, as cartilagens vão se desgastando, gerando a artrose.

A artrose é uma doença degenerativa crônica, que pode evoluir para osteófitos (conhecidos popularmente como ‘bicos de papagaio’) e deformidades na região atingida, até mesmo a destruição de outras estruturas próximas. Quando atinge os dedos dos pés, torna impossível seu movimento, deixando-os rígidos e muito doloridos.  

O conjunto de ossos que formam os pés são responsáveis pelo equilíbrio estático e dinâmico. O dedão do pé possui duas articulações, enquanto nos outros dedos há três em cada. A causa mais comum do surgimento de artrose nos dedos dos pés é o uso contínuo de sapatos apertados ou salto alto. Outras causas são artrite reumatóide, lesões neurológicas e idiopática, ou seja, ‘de nascença’.

É o aumento da pressão na região das articulações dos dedos dos pés que acaba ocasionando deformidades graves como o hálux valgo, garra ou dedo martelo. A prática de balé e de atividades esportivas também pode causar artrose na região.

Tratamento para artrose nos dedos dos pés

Assim que surgem as primeiras manifestações de dor, é fundamental procurar um médico para confirmar os sintomas e iniciar o tratamento para impedir a evolução da doença. É possível, até mesmo, congelar seu progresso e fazer com que ela se torne imperceptível.

O primeiro tratamento é o uso de calçados confortáveis e capazes de controlar a pressão exercida nos dedos dos pés pelos sapatos. O uso de protetores de silicone pode ajudar a manter o alinhamento dos dedos e impedir que eles se deformem.

Podem ser ministrados remédios anti-inflamatórios e analgésicos para diminuir as dores, em especial quando estão na fase aguda. A fisioterapia também é indicada para estimular o fortalecimento muscular.

Após a doença controlada, são usados medicamentos condroprotetores para estabilizar o quadro. Eles ajudam a desacelerar o desenvolvimento da doença.  

Em casos de difícil controle pode ser realizadas cirurgias corretivas, que geralmente consistem em ressecções ósseas ou da própria articulação (artrodeses).

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt