entorse de tornozelo

5 danos causados pela entorse de tornozelo

A entorse de tornozelo é uma lesão muito comum que, muitas vezes, não é levada a sério pelas pessoas. Caso a dor seja suportável em um primeiro momento, o indivíduo acaba retardando o atendimento médico.

Entretanto, a entorse é uma lesão que compromete os movimentos. Assim, quando não tratada do jeito certo, pode causar danos. Algumas complicações só aparecem anos depois da lesão inicial e podem ocasionar novos problemas no local, uma vez que a região já está fragilizada.

Com o intuito de ajudar a entender melhor o que pode acontecer após a lesão, este texto lista cinco danos frequentes nessa situação clínica. Conheça-os em seguida.

Dor

Inegavelmente, a dor é um alerta emitido pelo corpo de que algo não está bem. Se, depois de machucar o tornozelo, você sente a região dolorida com frequência, é importante investigar a causa do problema.

Dessa maneira, o acompanhamento com especialista em lesão no tornozelo é essencial para evitar que o episódio de dor volte e se transforme em dor crônica.

Instabilidade após entorse de tornozelo

Logo depois de torcer o tornozelo, os ligamentos tendem a ficar menos elásticos do que antes.  Em outras palavras, ficam frouxos e, consequentemente, a possibilidade de uma nova torção torna-se maior.

Essa sequela pode acontecer, inclusive, anos após o diagnóstico. Atletas que se machucam durante a prática de esportes, por exemplo, são casos de instabilidade no tornozelo.

Leia mais: Torção do tornozelo: entenda quando a cirurgia é indicada

Danos na cartilagem articular

A cartilagem tem a função de cobrir as extremidades do osso onde existe a interseção das articulações.

Uma lesão que não é tratada de acordo com os conhecimentos da ortopedia danifica a cartilagem, gerando uma lesão denominada osteocondral. Em suma, a lesão osteocondral após torção no tornozelo causa atrito entre os ossos da tíbia e o tálus.

Contudo, apenas depois de um exame de ressonância magnética será possível saber o quanto a cartilagem foi danificada e qual o tratamento oferecerá mais benefícios.

Leia mais: Ressonância magnética: o que é e quando é indicada?

Artrite

Se os danos na cartilagem forem profundos, haverá alto risco de osteoartrite.

Apesar de não ter cura, a artrite pode ser tratada de forma a aliviar os sintomas e devolver qualidade de vida, sendo possível executar as atividades diárias.

Leia mais: Entenda o que é osteoartrite de tornozelo

Síndrome do impacto do tornozelo

Essa síndrome aparece quando a biomecânica da articulação do tornozelo é alterada. Assim sendo, após uma lesão, surgem formações ósseas na extremidade dos ossos do tornozelo.

Denominadas osteófitos, essas formações causam uma interferência na amplitude de movimentos que geram dor e redução da mobilidade.

Outros sintomas comuns relatados por portadores da síndrome são:

  • dificuldade de mover o pé para cima;
  • dor ao praticar corrida, principalmente em terreno elevado;
  • instabilidade no calcanhar ao fazer agachamento.

Conforme a literatura médica, esses são os cinco danos causados pela entorse de tornozelo. Manter um estilo de vida saudável e iniciar o tratamento assim que houver a torção são medidas simples que podem fazer toda a diferença a longo prazo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt