unha encravada

Como evitar a unha encravada

A unha encravada pode ser um problema bastante incômodo e recorrente, acontecendo várias vezes e causando sensações de dor quando a unha volta a crescer após ser cortada.

Porém, este problema pode ser evitado tomando-se alguns cuidados simples, e que podem impedir que a unha volte a encravar quando crescer, evitando, assim, uma série de incômodos causados por este problema.

Cuidados para evitar a unha encravada

1. Corte as unhas em formatos quadrados

As unhas possuem um espaço de crescimento determinado, desta forma, quando se corta as laterais da unha, este espaço passa a ser ocupado pela pele, o que provoca o encravamento quando a unha volta a crescer.

Cortando as unhas em formatos quadrados, este espaço nos quais elas crescem irá se manter delimitado, evitando que a pele avance e provoque os problemas da unha encravada.

2. Lixe as unhas após cortá-las

Além de cortar as unhas em formatos quadrados, lixá-las após o corte também é um cuidado muito importante para evitar que elas voltem a se encravar. Isto porque as pequenas pontas soltas, resultantes do corte, podem fazer com que o organismo inicie o processo inflamatório, no qual estas pontas são entendidas como “corpos estranhos”.

Assim, ao lixar as unhas, estas pontas são removidas, diminuindo as chances de que o corpo tenha qualquer reação adversa ou inflamatória.

3. Utilize sapatos confortáveis

Os sapatos também têm uma importância muito grande na ocorrência de unhas encravadas, especialmente os de bico muito fino e apertados. Isto acontece porque estes tipos de calçados fazem uma pressão muito grande nas pontas dos dedos e das unhas, comprimindo-as e fazendo com que seja mais frequente o processo inflamatório que causa o encravamento das unhas.

Desta maneira, o ideal é que sejam utilizados calçados confortáveis, que não causem nenhum tipo de pressão sobre os dedos e as unhas, garantindo que as chances de unhas se encravarem sejam menores.

4. Cuide da higiene de seus pés

O cuidado com a higiene também é fundamental para se evitar os casos de unhas encravadas, pois o acúmulo de células mortas nos pés pode ocasionar uma proliferação maior de micro-organismos como fungos e bactérias, que causam processos inflamatórios e facilitam o encravamento das unhas.

Mantendo os pés sempre limpos e bem cuidados, esta proliferação de micro-organismos será menor, assim como as chances de unhas encravadas. No entanto, é importante ressaltar também que o cuidado com a higiene deve compreender toda a área dos pés, especialmente embaixo das unhas.

5. Mantenha uma postura correta

Uma postura incorreta no cotidiano também pode facilitar o surgimento de unhas encravadas, acarretando no aumento da pressão sobre a região dos dedos, fazendo com que as unhas cresçam de maneira irregular e acabem encravando.

Assim, uma postura correta no dia a dia pode garantir uma menor pressão sobre os dedos e o crescimento natural e saudável das unhas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e, ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt