palmilhas ortopédicas

10 problemas que podem ser corrigidos com o uso de palmilhas ortopédicas

As palmilhas ortopédicas são acessórios desenvolvidos especialmente com o objetivo de melhorar a saúde dos pés, assim como do resto do corpo. Elas são bem diferentes dos modelos que vem de fábrica nos calçados.

As palmilhas ortopédicas são usadas com finalidades terapêuticas, considerando-se a necessidade e a condição da pessoa que precisará utilizá-la.

Quer saber mais sobre o assunto? A seguir, listamos alguns dos principais problemas que podem ser corrigidos com esse item. Acompanhe!

Quais condições podem ser tratadas com palmilhas ortopédicas?

As palmilhas podem ser usadas para uma gama muito grande de casos. Lembrando que o primeiro passo é consultar um especialista para que ele possa recomendar a solução ideal. Com relação aos problemas que podem ser tratados, temos:

  1. Diferença entre os membros, quando uma perna é maior que a outra.
  2. Problemas posturais.
  3. Pé torto congênito;
  4. Pé chato e Pé Cavo.
  5. Joanetes.
  6. Tendinite.
  7. Retenção de líquido.
  8. Fascite plantar.
  9. Esporão no calcanhar.
  10. Linfedema.

Por meio desses exemplos, fica fácil perceber a grande variedade de condições que podem ser tratadas. Sendo assim, é importante que a pessoa saiba que não é qualquer tipo de palmilha que poderá ajudar a resolver seu problema. Cada situação exige algo personalizado e um tratamento específico.

Quais são os benefícios do uso de palmilhas ortopédicas?

Adotar palmilhas ortopédicas como um recurso para o tratamento dos problemas apontados anteriormente, oferece uma série de benefícios a curto, médio e longo prazo. Dentre eles, destacamos os citados abaixo:

  • Melhora o bem-estar: a pessoa se sente mais confortável no dia a dia para realizar suas atividades.
  • Ajuda na prática de esportes: algumas pessoas evitam participar de esportes em decorrência de algum problema que poderia ser resolvido ou minimizado com o uso de palmilhas ortopédicas.
  • Menos impacto nas articulações: vários problemas que afetam os pés podem sobrecarregar as articulações fazendo com que outras complicações surjam ou piorem. Com esse acessório, é possível proteger melhor as articulações dos pés e pernas.
  • Melhora a postura: uma postura inadequada também pode trazer vários problemas para a pessoa. Sem o uso de uma palmilha a tendência é que eles evoluam para uma situação mais sério.

Como escolher a melhor palmilha?

O ponto de partida para a escolha da palmilha ortopédica é uma consulta com o médico especialista. Como vimos, há modelos diferentes para condições diferentes. Ao seguir as recomendações do médico, será possível escolher aquela que ofereça o melhor suporte ao arco plantar, que permita diminuir a sobrecarga nas articulações e que ajudem no equilíbrio, dentre tantos outros pontos.

No entanto, vale sempre lembrar que, para que resultados satisfatórios possam ser obtidos, é necessário ficar atento a confecção da palmilha ortopédica. Ou seja, ela precisa abranger todos os pontos necessários da condição apresentada, por exemplo, o tamanho que pessoa calça, o peso corporal, região do pé que precisa ser trabalhada ou o tipo de deformação.

As palmilhas ortopédicas são um recurso muito útil para melhorar a vida das pessoas. Vale muito a pena consultar o médico ortopedista para que ele possa indicar como tudo deve ser feito!

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt