Anatomia ossos do pé

Saiba tudo sobre a anatomia do pé

O pé consiste em uma estrutura verdadeiramente fascinante. Ele é responsável por sustentar e deslocar o corpo humano, além de garantir a boa postura e a execução de diversos movimentos. Porém, nem sempre lhe damos a devida atenção.

É importante entender que, para continuarem saudáveis, devem ser mantidos em atividade. Assim como em relação a outras partes do corpo que, se não trabalham por muito tempo, enfraquecem.

Para que você conheça mais sobre essa estrutura tão sensacional, traremos, neste post, tudo sobre sua anatomia. Vamos conferir?

A anatomia do pé

Compreende três grandes e principais estruturas — os ossos do metatarso, do tarso e dos dedos (ou falanges, como preferir).

Ossos do tarso

Começaremos falando sobre os ossos do tarso, localizados na parcela posterior do pé. Essa região abrange um conjunto de 7 ossos, muito similares aos da mão e conhecidos como “ossos tarsais”.

O sustento do corpo é promovido, principalmente, pelos dois maiores ossos do tarso, o calcâneo (que forma a região do calcanhar) e o tálus (articulado com a tíbia e a fíbula superior).

Os outros 5 ossos da área são o cuboide, navicular e os cuneiformes (intermédio, medial e lateral).

Ossos do metatarso

Na sequência, vamos para os ossos do metatarso, região formada por cinco ossos alongados conhecidos como “metatarsais”.

Eles encontram-se no “peito” do pé indo até a base dos dedos, sendo responsáveis por um papel importantíssimo: segurar o peso do corpo humano. No geral, esses ossos são bem paralelos, diferentemente do que acontece nos metacarpos da mão.

Ossos da falange

Os ossos dos dedos são bem pequenos, ainda menores do que os das mãos. Não à toa, eles também possuem movimentos menos expressivos e funções igualmente diminuídas.

Cada pé possui 14 diferentes falanges. Sua disposição e estrutura plana são bem similares às das mãos: 3 falanges em cada dedo, exceto para o hálux, que conta com apenas duas. Esses ossos são conhecidos como: médios, proximais e distais.

Funções dos pés

Esses três conjuntos estruturais que formam a anatomia dos pés se responsabilizam por uma série de funções que, literalmente, nos permitem ficar em pé.

A seguir, confira as principais.

1. Controle dos movimentos e da postura

O pé conta com sensores que enviam ao cérebro informações referentes à descarga do nosso peso e posição corporal.

2. Mola

Em corridas, eles funcionam como molas — absorvendo o impacto e armazenando energia. Essa última volta para o organismo em impulsão, ajudando na continuidade do movimento.

3. Adaptação a terrenos

A anatomia dos pés conta com três arcos maleáveis, capazes de se adaptar a qualquer tipo de terreno.

4. Equilíbrio

Os mesmos sensores citados anteriormente são fundamentais para que possamos manter o equilíbrio.

Pronto, agora você já conhece as particularidades sobre a anatomia do pé!

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt