metatarso

Como é a cirurgia de pé cavo?

O pé cavo é uma deformidade que se caracteriza por o arco do pé ter uma curvatura acima do normal. Em alguns casos, a curvatura do arco plantar é acentuada a ponto de não deixar que grande parte do pé toque o chão. 

Um indivíduo que possui esse tipo de alteração anatômica nos pés pode sentir muita dor, além de estar sujeito a lesões e instabilidade no tornozelo. 

Isso ocorre porque o pé suporta todo o peso do corpo humano. Entretanto, essa característica faz com que a distribuição do peso e o amortecimento de impacto não sejam eficientes. De tal sorte que leva a uma compressão dos metatarsos, em um nível posterior, devido à pressão exercida no calcâneo, e em nível do mediopé, na fáscia plantar, o que pode originar esporão de calcâneo.

Quais as causas do pé cavo?

O pé cavo pode ter origem neurológica, ortopédica ou neuromuscular. Essa característica possui causa hereditária e evolutiva. Além disso, pode estar associada a doenças neurológicas, como a charcot-marie-tooth (CMT), que afeta os nervos periféricos progressivamente; a paralisia cerebral; e o acidente vascular cerebral (AVC). 

Cada caso apresenta um tipo de progressão, porém aqueles relacionados a problemas neurológicos podem se intensificar com o tempo. Nas demais origens, a característica não apresenta evolução.

Tipos de tratamento

Em muitos casos, não é necessário tratamento, apenas acompanhamento médico, para observação de uma possível progressão. Ainda assim, quando o paciente apresenta sintomas causados por essa deformidade, pode recorrer ao tratamento convencional.

Nesse tipo de tratamento, pretende-se corrigir a falha anatômica e a pisada, por meio de palmilhas específicas e calçados apropriados, que têm o papel de distribuir o peso do corpo no pé e auxiliar no amortecimento. No combate à dor, recorre-se à fisioterapia, que atua, também, no fortalecimento e no alongamento. Além disso, a fisioterapia contribui para a qualidade da pisada e do movimento do pé. 

A cirurgia torna-se necessária apenas quando o caso é grave e provoca no paciente dor intensa e incessante. 

Como é a cirurgia de pé cavo?

O principal objetivo do procedimento cirúrgico é fazer a correção do pé de maneira que o peso do paciente fique distribuído corretamente ao longo do membro.

A correção desta deformidade no pé pode ser bastante delicada, já que são feitos reposicionamento e realinhamento dos ossos. Além dos ossos, o cirurgião ortopédico poderá verificar a necessidade de realizar procedimentos nos tendões, nos músculos, nas articulações e também nos dedos dos pés, já que todos esses elementos podem contribuir com a formação desse formato côncavo.

A recuperação da cirurgia pode ser delicada e demorada. São, no mínimo, 6 semanas sem poder apoiar o pé no chão. Esse período é necessário para que os ossos, as articulações e os ligamentos se reabilitem. O resultado pode ser percebido apenas 1 ano após a realização da operação. 

Os cuidados pós-operatórios são essenciais para que não haja risco de complicações, que podem causar o retorno da deformidade e a cicatrização incompleta do osso. 

Um pé cavo pode causar lesões e dores incessantes em um indivíduo. Por isso, procurar ajuda médica para avaliar qual é a melhor forma de tratamento é ideal para a correção da deformidade e a eliminação da dor. 

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt