pé diabético 

Pé diabético: 10 cuidados no dia a dia para manter a saúde do pé

O pé diabético é uma das graves complicações do Diabetes Mellitus. Para quem tem diabete, é fundamental fazer exames regulares nos pés, pelo menos a cada seis meses, com um profissional de saúde do pé. 

Um exame de pé pode revelar uma lesão que não foi curada ou pode estar infectada. O paciente nem sempre sentirá dor, mas isso não significa que não esteja em risco. Qualquer infecção no pé não tratada aumenta o risco de amputação.

Quer aprender como lidar com essa situação? Preparamos uma lista especial com 10 cuidados indispensáveis. Confira!

1. Inspecione seus pés diariamente

Verifique se há cortes, bolhas, vermelhidão, inchaço ou problemas nas unhas. Use um espelho de mão para olhar a parte inferior dos pés. 

2. Hidrate seus pés, mas não entre os dedos

Use um hidratante diariamente para manter a pele sem coceira ou rachaduras, mas não passe entre os dedos — isso poderia encorajar uma infecção fúngica.

3. Tenha cuidado ao cortar as unhas

Uma dica importante é em relação às unhas. Sempre as corte retas e evite deixar pontas que possam encravar na pele. Se isso acontecer, as chances dessa lesão se agravar ou simplesmente não curar são muito grandes no caso da diabetes. 

4. Considere meias feitas especificamente para pacientes que vivem com diabetes

Estas meias têm amortecimento extra, não têm topos elásticos, são mais altas que o tornozelo e feitas de fibras que absorvem a umidade da pele.

5. Use meias para dormir

Se seus pés ficarem frios à noite, use meias. Nunca use almofada de aquecimento ou uma garrafa de água quente.

6. Sacuda seus sapatos e sinta o interior antes de usar

Lembre-se de que seus pés podem não sentir uma pedra ou outro objeto estranho, portanto, sempre inspecione os sapatos antes de colocá-los.

7. Nunca ande descalço

Nem em casa! Use sempre sapatos ou chinelos. Existe a possibilidade de pisar em algo e obter um arranhão ou corte.

8. Cuide da diabetes

Mantenha os níveis de açúcar no sangue sob controle.

9. Evite o cigarro

Se o paciente fuma, as chances do diabetes evoluir e apresentar consequências nos pés aumenta consideravelmente. Os efeitos do cigarro aliados ao descontrole dos níveis de açúcar no sangue são uma causa muito comum das amputações em pé diabético.

10. Faça exames periódicos nos pés

Lembre-se: os problemas nos pés relacionados à diabetes podem piorar muito rapidamente e são difíceis de tratar, por isso, é importante procurar atendimento médico imediato.

Prevenir é a medida mais importante para evitar o pé diabético. É necessário controlar os níveis de glicemia, realizar um exame visual dos pés diariamente e passar por uma avaliação médica periódica.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

 

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt