unha encravada

Como se livrar da unha encravada?

Como se livrar da unha encravada?

A unha encravada é um problema muito comum em homens, principalmente aqueles que praticam esportes, como futebol e corrida. Para se livrar desse problema incômodo, existem algumas alternativas de tratamento que podem ser feitas em casa.

Ficou interessado? Então, leia esse artigo para entender mais sobre o problema e conhecer as principais formas de se ver livre dele.

Como é a unha encravada?

Conhecida na medicina como onicocriptose, é a inflamação causada pelo crescimento de apenas parte de uma unha em direção à pele, lesionando-a. O mais comum é que ela ocorra no dedão do pé, mas pode acometer os outros dedos.

O crescimento de uma unha normal se dá de forma vertical, em relação ao dedo. O crescimento normal não provoca nenhum tipo de lesão na pele que está ao seu redor. Já a unha encravada cresce de forma irregular, com sua parte lateral seguindo em direção à pele.

Em consequência disso, ela provoca ferimentos, inflamação e até infecção do dedo. Esse problema pode afetar pessoas de qualquer faixa etária e gênero, mas é mais frequente dos 10 aos 30 anos de idade.

Existem alguns fatores que favorecem esse crescimento irregular da unha, sendo os mais comuns:

  • Uso de calçados apertados, espremendo os dedos;
  • Cortar as unhas de forma irregular, arredondando as laterais ou retirar em excesso, deixando-as muito pequenas;
  • Unhas com formato variável;
  • Ocorrência de lesões traumáticas nas unhas;
  • Infecção nas unhas causadas por fungos.

Como tratar a unha encravada?

Para se ver livre da onicocriptose, existem diferentes alternativas de tratamento, que variam conforme a gravidade da lesão. O correto é evitar que o problema se transforme em uma inflamação.

Em casos mais simples, é possível fazer o tratamento em casa, sendo possível cuidar da unha sem o uso de medicamentos, pomadas ou da realização de cirurgias.

Tratamento caseiro

Com um cotonete fino, uma pinça ou um fio dental, levante cuidadosamente a lateral da unha afetada com o objetivo de retirá-la debaixo da pele.

A melhor forma de evitar que ela volte a se encravar e cresça corretamente é colocando uma bolinha de algodão no canto da unha. Quando esse tratamento caseiro é feito logo no início, será praticamente indolor.

Quando já existe uma inflamação, outra possibilidade é colocar o pé em água morna durante 10 minutos, ao mesmo tempo em que se tenta puxar a pele úmida do canto do dedão. Esse procedimento precisa ser repetido três vezes por dia, durante uma semana.

Tratamento médico

Quando o tratamento caseiro não é suficiente para resolver o problema, ou já há um estágio avançado, com inflamação, secreção e dor, é preciso recorrer ao médico. Caso haja uma infecção, o ideal é remover a unha cirurgicamente.

Esse procedimento é simples e dura apenas alguns minutos. Se a unha encravar com frequência, a intervenção cirúrgica é um pouco mais extensa, pois irá remover toda a parte lateral da unha.

Pronto! Agora você já sabe como se livrar da unha encravada. Procure estar sempre atento ao crescimento das suas unhas. Assim, é possível descobrir o problema de forma precoce.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Posted by Dr. Thiago Bittencourt in Todos
Como evitar a unha encravada

Como evitar a unha encravada

A unha encravada pode ser um problema bastante incômodo e recorrente, acontecendo várias vezes e causando sensações de dor quando a unha volta a crescer após ser cortada.

Porém, este problema pode ser evitado tomando-se alguns cuidados simples, e que podem impedir que a unha volte a encravar quando crescer, evitando, assim, uma série de incômodos causados por este problema.

Cuidados para evitar a unha encravada

1. Corte as unhas em formatos quadrados

As unhas possuem um espaço de crescimento determinado, desta forma, quando se corta as laterais da unha, este espaço passa a ser ocupado pela pele, o que provoca o encravamento quando a unha volta a crescer.

Cortando as unhas em formatos quadrados, este espaço nos quais elas crescem irá se manter delimitado, evitando que a pele avance e provoque os problemas da unha encravada.

2. Lixe as unhas após cortá-las

Além de cortar as unhas em formatos quadrados, lixá-las após o corte também é um cuidado muito importante para evitar que elas voltem a se encravar. Isto porque as pequenas pontas soltas, resultantes do corte, podem fazer com que o organismo inicie o processo inflamatório, no qual estas pontas são entendidas como “corpos estranhos”.

Assim, ao lixar as unhas, estas pontas são removidas, diminuindo as chances de que o corpo tenha qualquer reação adversa ou inflamatória.

3. Utilize sapatos confortáveis

Os sapatos também têm uma importância muito grande na ocorrência de unhas encravadas, especialmente os de bico muito fino e apertados. Isto acontece porque estes tipos de calçados fazem uma pressão muito grande nas pontas dos dedos e das unhas, comprimindo-as e fazendo com que seja mais frequente o processo inflamatório que causa o encravamento das unhas.

Desta maneira, o ideal é que sejam utilizados calçados confortáveis, que não causem nenhum tipo de pressão sobre os dedos e as unhas, garantindo que as chances de unhas se encravarem sejam menores.

4. Cuide da higiene de seus pés

O cuidado com a higiene também é fundamental para se evitar os casos de unhas encravadas, pois o acúmulo de células mortas nos pés pode ocasionar uma proliferação maior de micro-organismos como fungos e bactérias, que causam processos inflamatórios e facilitam o encravamento das unhas.

Mantendo os pés sempre limpos e bem cuidados, esta proliferação de micro-organismos será menor, assim como as chances de unhas encravadas. No entanto, é importante ressaltar também que o cuidado com a higiene deve compreender toda a área dos pés, especialmente embaixo das unhas.

5. Mantenha uma postura correta

Uma postura incorreta no cotidiano também pode facilitar o surgimento de unhas encravadas, acarretando no aumento da pressão sobre a região dos dedos, fazendo com que as unhas cresçam de maneira irregular e acabem encravando.

Assim, uma postura correta no dia a dia pode garantir uma menor pressão sobre os dedos e o crescimento natural e saudável das unhas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e, ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Posted by Dr. Thiago Bittencourt in Todos