Joanetes: por que surgem e como tratar

Além de trazer desconforto estético, causa dores, dificuldade para calçar sapatos e só pode ser eliminado com cirurgia. Quem convive com joanetes nos pés sabe muito bem o quanto ele pode atrapalhar a vida. 

As causas dos joanetes podem variar, mas não importa de onde eles vêm, joanetes podem nos deixar com movimentos reduzidos e dores crônicas. Por isso, é importante saber como tratá-los. Acompanhe este artigo!

O que causa joanete?

Joanetes geralmente são considerados genéticos. Eles ocorrem por causa da estrutura do pé com defeito, que é herdada. 

Algumas condições que contribuem para o desenvolvimento de joanetes incluem pés planos, ligamentos excessivamente flexíveis e estrutura óssea anormal. 

Leia mais: Quando é indicada a cirurgia para correção do pé chato

Os joanetes geralmente pioram com o tempo. Eles podem ser agravados por:

  • Sapatos apertados ou muito pequenos, que fazem com que os dedos dos pés se amontoem e pressionem o dedão do pé.
  • Sapatos que têm saltos altos ou frentes de bico fino – esses estilos forçam os dedos dos pés juntos.
  • Ficar de pé por longos períodos de tempo.
  • Presença de artrite reumatóide.

Leia mais: Efeitos da artrite reumatoide nos pés

Quais são os sintomas dos joanetes?

Além da colisão, os sinais e sintomas de um joanete podem incluir:

  • pele vermelha e inflamada no lado do dedão do pé;
  • seu dedão se voltando para os outros dedos;
  • dificuldade em mover o dedão do pé.

A dor associada a um joanete pode dificultar a caminhada. Consulte o seu médico se você tiver:

  • dor persistente no pé;
  • incapacidade de encontrar sapatos que lhe sirvam confortavelmente;
  • diminuição da flexibilidade em seu dedão do pé;
  • um caroço grande ou perto da articulação em seu dedão do pé.

Leia mais: Quando procurar um cirurgião de pé

Tratamento

Se o caso não exigir uma cirurgia, os cuidados diários devem prevenir a inflamação ou o aumento da deformidade da articulação. Algumas dicas básicas que devem ser seguidas são:

  • Reduzir a pressão no joanete é o primeiro passo para diminuir a dor associada à condição. Calçar sapatos corretamente ajustados é importante para alcançar isso.
  • Os medicamentos anti-inflamatórios podem ajudar a aliviar a dor a curto prazo. 
  • Injeções de corticosteroides ou ácido hialurônico podem ser usadas para aliviar a dor severa. 

Se uma redução suficiente nos sintomas não for alcançada pelo tratamento não cirúrgico, a cirurgia pode ser recomendada.

Cirurgia

A cirurgia para remover um joanete é conhecida como bunionectomia. Existem muitas variações desta operação e o tipo de cirurgia realizada irá variar dependendo de:

  • fatores como o grau de deformidade;
  • a força dos ossos;
  • a idade da pessoa;  
  • a abordagem preferida do cirurgião.

A maioria das cirurgias envolve a remoção do crescimento ósseo (exostose) e o realinhamento dos ossos da articulação. Estruturas de tecido mole, como os ligamentos e tendões, podem ser reposicionados e a bursa pode ser removida. 

A inserção de parafusos e pinos pode ser necessária para estabilizar os ossos em sua nova posição realinhada.

Nos casos em que a dor articular e a deformidade são graves, a cirurgia de reparação articular pode ser recomendada. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt