entorse de tornozelo

Como a entorse de tornozelo é diagnosticada

Em primeiro lugar, o tornozelo tem papel importante uma vez que é responsável por manter a estabilidade do corpo ao caminhar ou correr. Uma entorse de tornozelo é um problema mais comum do que se imagina. Um levantamento da American Orthopedic Foot and Ankle Society (AOFAS) – Associação Americana de Ortopedia de Pés e Tornozelos – estimou que 25 mil pessoas passam por isso diariamente.

O diagnóstico correto e precoce é uma das maneiras de evitar que esse problema se desenvolva, agravando a saúde dos pés.

O que é uma entorse de tornozelo?

A entorse ocorre quando um ou mais ligamentos do tornozelo se lesionam. Em outras palavras, um ligamento é como se fosse uma faixa elástica o bastante para conectar ossos e articulações toda vez que o indivíduo se movimenta. Quando há uma ruptura brusca, geralmente quando o pé vira, caracteriza-se a lesão.

Principais causas

Cada indivíduo tem um histórico e rotina de atividades que pode aumentar a probabilidade ou não de ter essa lesão. Entretanto, entre os hábitos ou causas mais comuns estão:

  • usar calçados inadequados que podem machucar o pé;
  • andar em terreno onde a superfície é irregular, aumentando o esforço no tornozelo;
  • golpe ou torção deslocando o tornozelo da posição normal;
  • sofrer uma queda.

Apesar de não ser algo tão frequente, o próprio enfraquecimento dos ligamentos do tornozelo pode ser a causa principal. A fraqueza pode ser congênita ou um reflexo de lesões anteriores no pé.

Leia mais: A Recuperação de Lesões no Tornozelo

Assim, ao surgirem indícios de uma entorse, é preciso procurar orientação médica para avaliar a região afetada e definir a melhor maneira de devolver o equilíbrio e segurança na pisada.

Sintomas

Os sintomas mais aparentes são:

  • dificuldade para caminhar;
  • dor ou incômodo;
  • hematomas;
  • inchaço;
  • rigidez na articulação.

Como é feito o diagnóstico?

O indivíduo que passou por situação de queda ou virou o tornozelo de alguma forma, deve procurar a orientação de um profissional a fim de ser avaliado em consulta médica.

Logo no primeiro exame físico, é verificado se há inchaço, dor ou espasmos musculares.

Quando o inchaço está relacionado a uma sensibilidade no osso, é necessário um exame de raio-x. Seja como for, é pela radiografia que se descarta a possibilidade de fratura e o tratamento ideal pode ser definido com exatidão.

Como é o tratamento?

O procedimento inicial padrão envolve repouso com o pé elevado e uso de gelo e compressas na região machucada, buscando assim, reduzir o inchaço e restaurar o bem-estar ao indivíduo.

Para alívio da dor, é receitado um anti-inflamatório ou medicação equivalente com efeito analgésico.

Leia mais: 5 tratamentos para entorse no tornozelo

Qual o período da recuperação?

Conforme a faixa etária, condições de saúde e grau da lesão, o tempo de recuperação do tornozelo pode variar. Em suma, após 10 dias é possível perceber melhora no quadro clínico.

Uma entorse de tornozelo é uma condição frequente em praticantes de atividade física e pessoas com predisposição a problemas nos ligamentos. Mesmo que não sinta dor ou algum outro dos sintomas relatados, é recomendável que procure o serviço de saúde para evitar complicações a longo prazo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Paulo!

Comentários
Dr. Thiago Bittencourt

Posted by Dr. Thiago Bittencourt